Escreva a sua pesquisa

28 de maio de 2015

Como Aliviar a dor de garganta?

quinta-feira, maio 28, 2015
Basta chegar o inverno para as doenças típicas da estação começarem a aparecer, como é o caso da gripe, faringite, laringite e até o resfriado. Estes são alguns problemas mas que têm um sintoma comum e muito incômodo - a dor de garganta. Seja uma dor aguda ou a garganta arranhada, essas sensações indicam que há algo de errado e tem uma doença a instalar-se. Por ser um sintoma comum e bastante doloroso, a dor de garganta tem alguns velhos companheiros, conhecidos pela sua efetividade no tratamento e cura das doenças. Entretanto, esses truques dão apenas um alívio para a garganta, sem influenciar no tratamento da inflamação ou outra condição existente. 

Num grande número de casos, a origem da dor de garganta está em infeções virais ou bacterianas, sendo manifestações típicas de gripes e constipações. Outras causas e/ou fatores agravantes possíveis são o tabagismo, a reduzida ingestão de água e o esforço constante da voz. Evidencia-se também o mal-estar consequente ao refluxo gastro esofágico, que provoca a subida do ácido do estômago até ao esófago e que, ao atingir a garganta, provoca dor. Por fim, a ingestão de bebidas demasiado frias ou demasiado quentes, revela-se um hábito do dia-a-dia capaz de tornar as mucosas da garganta mais vulneráveis à entrada de vírus e bactérias. 

Existem assim algumas medidas para aliviar a dor de garganta
1. Hexamidina em spay (analgésico que alivia a dor);
2. Própolis (possui uma ação anti-inflamatória);
3. Gengibre (anti-inflamatório);
4. Chás (beber sempre morno porque o quente piora as dores);
5. Maça e frutas cítricas (são compostas por antioxidantes);
6. Menta (aumenta a salivação e alivia os sintomas);
7. Gargarejo (com água morna para auxiliar no tratamento da doença);
8. Misturas caseiras (existem algumas que irei abordar mais à frente);
9. Sopa razoavelmente quente (fornece nutrientes e líquidos);
10. Evitar alimentos açucarados;
11. Evitar gelados e lacticínios exageradamente frescos;
12. Descansar o máximo que puder;
13. Xarope para a tosse;

Como sabem, muitas pessoas, normalmente as que têm mais experiência de vida, curam as dores de garganta com remédios caseiros, tais como:
  • Gargarejo com água morna e sal;
  • Gargarejo com água e alho picado;
  • Respirar vapor de menta;
  • Beber mel e limão;
  • Gotas de extrato de própolis num copo com sumo;
  • Pastilhas de alívio da dor e tratamento;
  • Ingerir muitos líquidos para mantermos o nosso corpo hidratado;
  • Comer canja de galinha durante uns dias seguidos;
  • Maça com mel;
  • Chá com gengibre;
  • Gargarejo com água morna e limão;
  • Chá de alho;
  • Gargarejo de bicabornato;
  • Picar cebola e deixá-la no quarto durante a noite;
  • Sumo de toranja;
  • Vinagre de maça;
  • Coma canela pois é rica em antioxidantes;
Nos tempos mais frios, temos de evitar sair à rua sem um cachecol pois isso protege o nosso pescoço para o frio que possamos apanhar. 
No entanto, nem todos os remédios caseiros e métodos de alívio da dor resultam da mesma maneira em todas as pessoas, por isso, se a dor de garganta for constante e ultrapassar os 3/5 dias é necessário ir ao médico.

27 de maio de 2015

Alimentos que ajudam a controlar o Colesterol

quarta-feira, maio 27, 2015
O que é o colesterol?
O colesterol é uma gordura essencial existente no nosso organismo, que tem duas origens: uma parte produzida pelo próprio organismo, em particular o fígado, e outra parte obtida através da alimentação, em particular pela ingestão de produtos animais, como a carne, os ovos, e os produtos lácteos.

O organismo necessita de colesterol para produzir as membranas (paredes) celulares, hormonas, vitamina D e ácidos biliares, que ajudam a digerir os alimentos. No entanto, o nosso organismo necessita de apenas uma pequena quantidade de colesterol para satisfazer as suas necessidades. 

O colesterol circula no sangue ligado a uma proteína: este conjunto de colesterol - proteína é, por isso, conhecido por lipoproteína. As lipoproteínas são classificadas em altas, baixas ou muito baixas, em função da respetiva proporção de proteína e gordura em cada uma, o que determina a sua densidade.

Existem alguns tipos de colesterol, tais como:
  • Lipoproteínas de baixa densidade (LDL): são vulgarmente conhecidas como «mau» colesterol, por ser aquele que se deposita na parede das artérias, provocando aterosclerose. Quanto mais altas forem as LDL no sangue, maior é o risco de doença cardiovascular.
  • Lipoproteínas de alta densidade (HDL): também conhecidas por colesterol «bom», que tem como papel a limpeza das artérias, pelo que quanto mais altas forem menor risco há para o surgimento de doenças cardiovasculares.
  • Lipoproteínas de muito baixa densidade (VLDL): são semelhantes às LDL, mas contendo mais gordura e menos proteínas.
  • Triglicerídeos: são um outro tipo de gordura que circula no sangue ligada às VLDL. Uma alimentação excessivamente rica em calorias, açúcares ou álcool eleva os triglicerídeos, aumentando o risco cardiovascular.
Há alguns alimentos que ajudam a controlar o colesterol, que são:
  • Peixes (ricos em ómega 3, como o salmão, atum e truta);
  • Aveia (diminui as concentrações de colesterol total);
  • Nozes e Castanhas (apresentam antioxidantes);
  • Chocolate negro (rico em substâncias que diminuem o LDL);
  • Azeite (regula as taxas do colesterol);
  • Alcachofra (diminui os níveis de colesterol);
  • Laranja (limita a absorção do colesterol no intestino);
  • Vinho (promove a elevação de colesterol bom);
  • Linhaça (rico em ómega 3);
  • Canela (combate o colesterol);
  • Soja (protege o coração);
  • Açaí (contribui na prevenção de doenças cardiovasculares);
  • Chá (protege contra a formação de coágulos no sangue);
  • Frutas vermelhas (controlam o colesterol);
No entanto, o colesterol traz muitos riscos para a saúde e convém saber como e porquê
Assim, o colesterol, quando em excesso no sangue, pode depositar-se nas paredes das artérias, fazendo com que o sangue tenha dificuldade em passar através delas. A passagem do sangue através das artérias é fundamental para a oxigenação dos tecidos e do próprio coração, o qual fornece a força para que o sangue circule. 
Já pensou o mal que o calcário pode fazer a uma canalização? O colesterol pode provocar danos semelhantes às suas artérias. A diferença é que não as pode substituir por mais dinheiro que tenha para despender. Uma vez danificadas vai ter de viver com elas assim.

23 de maio de 2015

Os benefícios da Goji Berry

sábado, maio 23, 2015
Goji berry é o nome dos frutos da planta Lycium barbarum. Ao goji berry são atribuídas muitas propriedades medicinais, pois esta, é uma fruta rica em aminoácidos e vitaminas. A planta é originária das montanhas do Tibete, e é uma fruta típica da Ásia. 
Esta fruta possui 50 vezes mais vitamina C do que a laranja e é a maior fonte conhecida de carotenoides.

Nutrientes de GojiBerry
  • 19 Aminoácidos - Estes ajudam a formar as proteínas, incluindo os oito "essenciais", que não são produzidos no nosso corpo.
  • 21 Minerais - Nestes minerais está incluído o mineral germânio, considerado em estudos como tendo atividade anticancerígena. 
  • Carotenoides antioxidantes - Destes Carotenoides, destaca-se o betacaroteno e zeaxantina, protetor dos olhos.
  • 2500mg de Vitamina C por 100g da fruta
  • Vitaminas B1, B2 e B6
  • Beta-sisterol - Tem como função anti-inflamatória, mas também ajuda a equilibrar os níveis de colesterol, podendo ser usado no tratamento de impotência sexual e atua na prevenção de doenças da próstata.
  • Ácidos graxos essenciais - Que são necessários para síntese de hormonas e regulam o funcionamento do cérebro e do sistema nervoso. 
  • Cyperone - É um fito-nutriente que traz benefícios ao coração e à pressão sanguínea.
  • Fisalina - Usado nos transtornos causados pela hepatite B. 
  • Betaína - Usada pelo fígado para produzir colina e protege a célula a nível de DNA.
  • Rica em Polissacarídeos
  • Arginina e glutamina - Que auxiliam na liberação de hormonas do crescimento. 
  • Fitoquímicos - Atuam como substâncias anti-cancerígenas.
  • Triptofano - Um aminoácido precursor de serotonina, que leva ao estado de bom-humor, alegria e satisfação. 
A GojiBerry ajuda a emagrecer e melhora o sistema imunológico. Este também diminui a celulite, tem ação anti-cancerígena e previne doenças cardiovasculares.
Este fruto tem alguns benefícios associados, tais como:
  • Ajuda a emagrecer
  • Diminui a celulite
  • Melhora o sistema imunológico
  • Melhora a visão
  • Protege a pele
  • Tem ações anti-cancerígenas
  • Previne doenças cardiovasculares
  • Protege o cérebro
  • Proporciona bem-estar
  • Tem ações antioxidantes
  • Previne diabetes
  • Combate o envelhecimento
  • Aumenta o nível de energia
  • Possui propriedades anti-inflamatórias
Qual a quantidade diária recomendada?
Duas colheres de sopa ao dia ou 150 ml do seu sumo. Ela pode ser incluída no lugar de outra fruta, preferencialmente pela manhã.

Com este fruto exótico podemos fazer algumas receitas interessantes, tais como, uma mousse de goji berry; um chá do mesmo e até uma salada de goji berry.

Existe até um mito muito interessante sobre o consumo desta fruta:
Existe uma lenda na Ásia que diz que um homem chinês consumiu o Goji Berry todos os dias ao longo da sua vida e viveu por 256 anos.

Esta longevidade fora dos padrões atuais seria consequência do alto poder antioxidante da fruta, mas ninguém sabe se esta história é verdadeira ou apenas um mito, mas o fato é que os benefícios que ele traz à saúde são tantos que torna-se quase obrigatório incluí-lo na sua dieta.

No entanto, como todas sabem, tudo o que for consumido em exagero traz complicações. Por isso, é necessário precaução com o consumo excessivo da fruta, principalmente em função da alta concentração de vitamina C. A máxima ingestão diária dessa substância não deve ultrapassar 2000 mg e o seu excesso por longos períodos de tempo pode causar problemas, tais como:
  • Cálculos renais
  • Distúrbios gastrointestinais
  • Incómodo na bexiga.
Estudos apontaram que o excesso também pode ser perigoso em virtude da interação dos princípios do goji com medicamentos, como anticoagulantes ou fármacos para o controle glicêmico e de pressão. Para não ter problemas, quantidades superiores a 45 gramas por dia devem ser evitadas.

22 de maio de 2015

Como manter o intestino saudável

sexta-feira, maio 22, 2015
O intestino humano possui dez vezes mais bactérias e 100 vezes mais material genético do que o total de células do nosso organismo, sendo habitat de aproximadamente 100 triliões de microorganismos. 
Contudo, os médicos costumam dizer que o intestino é como se fosse um segundo cérebro devido à sua importância no corpo humano.

Então, para mantermos o nosso intestino saudável precisamos de:
  • Aumentar o consumo de fibras (como por exemplo: farinha de soja, feijão, ervilha, flocos de aveia, linhaça, ameixa e arroz integral) - Ao consumir estas fibras diariamente, estas ajudam a desintoxicar e a reduzir o açúcar no corpo.
  • Beber bastante água - Quem consome muitas fibras, deve beber muita água diariamente para que esta ajude as fibras a andarem pelo intestino até criarem um bolo fecal.
  • Comer mais alimentos pro bióticos (como por exemplo: iogurtes naturais, magros e queijos) -  As bactérias que pertencem a este tipo de alimentos são bactérias boas que ajudam a manter a flora intestinal em equilíbrio. 
  • Praticar exercício físico - Os exercícios ajudam no fortalecimento dos músculos e na prisão do ventre.
  • Estabelecer um horário para ir à casa de banho - Neste ponto, mesmo que não tenhamos vontade, temos de ir à casa de banho para que o cérebro e o intestino se comecem a habituar aquela hora.
  • Mastigar bem os alimentos - Ao mastigarmos tudo com calma, vamos ajudar o trabalho do intestino porque quando acontecesse o contrário e comemos rápido, os órgãos precisam de trabalhar o dobro para digerir os alimentos todos e isso prejudica na evacuação.
  • Comer muita fruta - Devemos comer muita fruta mas sempre com casca (maças, pêras, ameixas, pêssegos) porque é na casca que se encontram as melhores fibras.
  • Controlar o nosso peso corporal
  • Fazer exames regularmente
  • Não fumar e não beber álcool em grande quantidade
Estas orientações são essenciais e devem ser mantidas durante a vida toda, não só para estabelecer a saúde intestinal, como também, para melhorar todos os mecanismos de defesas, energia, vitalidade, equilíbrio e o bom funcionamento de todo o organismo.

Para finalizar, recordo que existem vídeos na Internet que dão as melhores opiniões sobre este tema. Tive oportunidade de ver um, cujo título é “A importância de termos um intestino limpo e saudável”.

Curiosidades
  • A saúde depende do estado do intestino
  • O intestino mais limpo é o intestino de um bebé recém-nascido
  • Quem tem um intestino sujo tem mais facilidade para contrair cancros e pólipos
  • Uma pessoa que liberta gases tem um intestino mais limpo do que aquelas pessoas que os prendem
  • Tudo aquilo que ingerimos tem de ser deitado fora em 24 horas
  • Temos de ingerir água de boa qualidade para que o nosso intestino esteja limpo e saudável

21 de maio de 2015

Como combater a Gordura Localizada?

quinta-feira, maio 21, 2015
"Na maioria das vezes, este acúmulo de gordura vem da ingestão de carboidratos simples, presentes em pães, massas, doces, refrigerantes, e bebidas alcoólicas", afirma a nutricionista Tamara Mazaracki. 
O que é a gordura localizada? Como é que ela se forma?
A gordura pode tornar-se localizada em alguns lugares específicos do corpo. Os mais comuns são: região abdominal e flancos e região ginóide (coxas e quadris).
A gordura da região abdominal forma-se quando a pessoa não faz dieta repartida, ou seja, não come de três em três horas. Isso acontece porque o organismo armazena gordura para os momentos que este necessita, (de fome ou escassez), e assim ocorre a formação de gordura na região dos flancos e região abdominal.
A acumulação de gordura na região ginóide é mais comum em mulheres do que em homens. 

Contudo, esta acumulação é causada pelo desequilíbrio entre estrogénio, progesterona, testosterona. As hormonas femininas (estrogenio, progesterona) são os principais causadores da gordura localizada nas coxas e quadris. Estas hormonas interferem no metabolismo das gorduras, na circulação linfática, e ainda facilitam a retenção de água e sal. 

No entanto, estas coordenam a deposição de gordura no abdómen, quadril e coxas para dar ao corpo o aspeto feminino.

Alguns pontos para que saiba como evitar a gordura localizada:
  • Comer de três em três horas
  • Consumir alimentos de baixa carga glicêmica (batata-doce, maça)
  • Comer frutas, verduras, legumes
  • Evitar comidas gordurosas e industrializadas
  • Fazer exercício físico com regularidade
7 Alimentos que ajudam na perda de gordura localizada:
  • Peixes e Frutos do Mar (salmão, atum, peixe cavala)
  • Óleo de Coco
  • Alimentos Probióticos (iogurtes naturais)
  • Abacate
  • Frutos vermelhos (amoras, morangos)
  • Chá Verde
  • Azeite
  • Linhaça
  • Chia
A alimentação diária tem de ser rica em fibras para que a gordura localizada vá sendo eliminada.

Também se pode praticar exercício para acabar com a gordura localizada na barriga e coxas:
  • Abdominais
  • Corrida
  • Ciclismo
  • Musculação
  • Pilates
  • Ginástica Localizada
  • Ginástica Funcional
  • Exercícios aeróbicos
Embora todos esses exercícios tenham de ser intervalados para que o corpo tenha descanso, por não estar habituado a essa rotina.

Existem, claro, tratamentos estéticos embora não resultem da mesma maneira que a alimentação saudável e os exercícios porque os tratamentos não vão eliminar as células de gordura mas sim, fazê-las diminuir de tamanho sem se multiplicarem por uns tempos.

Com a alimentação e os exercícios regulares, a gordura localizada acaba por ser eliminada totalmente, num determinado espaço de tempo, embora vá depender de pessoa para pessoa.

Posto isto, mantenha uma alimentação saudável e equilibrada e inclua na sua alimentação alimentos ricos em Ómega 3. Esses hábitos, aliados a exercícios físicos frequentes, trarão resultados surpreendentes na perda de gordura corporal, em especial, a gordura localizada.

Popular

Follow by Email