Escreva a sua pesquisa

Mostrar mensagens com a etiqueta Vegetarianismo. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Vegetarianismo. Mostrar todas as mensagens

30 de julho de 2019

Diferença entre a dieta vegetariana e vegana

terça-feira, julho 30, 2019
Hoje em dia vemos cada vez mais pessoas vegetarianas, e como parece ser um fenómeno crescente, achei interessante escrever um artigo que aborde as vantagens e desvantagens destas dietas. 

Para que possamos entender existem 3 tipos: 

  1. Os veganos não comem nada de origem animal, isto é, não comem carne, peixe, marisco, leite ou ovos. Eles também não compram produtos feitos com produtos de origem animal. 
  2. Os vegetarianos não comem carne nem peixe nem marisco, mas comem ovos e derivados de leite. 
  3. Os flexitarianos têm uma dieta mais flexível, pois tentam ser vegetarianos, mas ocasionalmente comem carne, peixe ou delícias do mar. Um caso bastante comum é o das pessoas que não comem carne, mas comem peixe e marisco. 

Artigo relacionado: Vegetarianismo - O que é e como seguir este regime?

Vantagens da dieta vegetariana 

  • Comer principalmente produtos de origem vegetal tem certas vantagens ao nível da saúde e nutrição, e também ao nível ético
  • A vantagem aparentemente mais óbvia e a razão pela qual a maioria das pessoas decide parar de comer carne ou reduzir o seu consumo: é a de proteger os animais. 
  • Trata-se de uma motivação nobre, tendo em conta que a maioria dos animais é destinada a alimentação humana. 
  • Outro argumento comum dos vegetarianos é o impacto ambiental da produção de alimentos de origem animal. Um bovino consome cerca de 8 a 10% do seu peso diariamente em água, e logicamente, as vacas leiteiras são as que consomem mais água. 
  • Pelo que o metano produzido pelos animais é também um dos principais causas do efeito estufa. 
  • Além disso as dietas ricas em vegetais geralmente têm um alto teor de fibras, algo com um impacto muito positivo na saúde. 
  • Não comer animais reduz a ingestão de gorduras saturadas. 
  • Comer muitas frutas e vegetais também é importante devido às vitaminas e minerais que são importantes para o corpo. 
  • As dietas vegetarianas mostraram ter aspetos positivos para a saúde em pelo menos três aspetos: menor risco de morte por doença cardíaca isquémica, redução dos níveis de colesterol e do índice de massa corporal. 

Desvantagens das dietas vegetarianas 

Ser vegetariano, evita matar animais? É discutível. Às vezes as pessoas não sabem que um aumento do consumo de produtos vegetais tem um efeito duplo: por um lado, reduz o número de mortes de animais criados para alimentação, mas, por outro lado, o cultivo massivo de produtos como trigo, milho, arroz, tendem a favorecer o desmatamento e a destruição do habitat de espécies silvestres. Isso também significa a morte de animais. 


Existem alguns riscos para a saúde para quem faz dietas vegetarianas, tais como a falta de vitamina B12 (especialmente preocupante no caso de mulheres grávidas) falta de ferro ou zinco e falta de vitamina D e cálcio (para vegans) . 

Além disso, existe o risco de consumir um excesso de ácidos gordoss como o ómega 6. 

É aconselhável ser vegetariano ou vegano? 

É uma decisão pessoal. É claro que um vegano que se preocupa com o que come e compensa a falta de algumas vitaminas e minerais, graças a alguns suplementos alimentares pode ter uma dieta muito mais saudável do que um omnívoro que come sem equilibrar a sua dieta ou mudar a alimentação. Mas, para não ter nenhuma carência, é necessário informar-se muito bem, e consultar um nutricionista, para esclarecer qual é a melhor maneira de combinar a ética vegana com hábitos saudáveis. 

No blog Viver Saudavelmente não recomendamos nada, nem ser vegetariano nem ser omnívoro. Temos a opinião que cada pessoa deve decidir o que é melhor para si e depois adaptar-se. O mais importante é ingerir proteínas, carboidratos, gorduras, fibras, vitaminas e minerais nas proporções recomendadas, seguindo a lógica da pirâmide alimentar. Informe-se com o seu nutricionista que lhe pode fornecer uma lista de alimentos que são recomendados para o consumo diário e os que devem ser consumidos apenas ocasionalmente, além dos que não são recomendados. Alguns desses alimentos são de origem animal, outros de origem vegetal. Mantenha-se informado e tenha atenção à sua dieta, para evitar problemas de saúde. 

10 de julho de 2011

Vegetarianismo - O que é e como seguir este regime?

domingo, julho 10, 2011
Hoje decidi abordar este tipo de alimentação que hoje em dia tem cada vez mais adeptos: O vegetarianismo.

Quais as dificuldades de alguém que quer iniciar um regime vegetariano?
  • Dificuldade em saber quais os alimentos (característicos deste regime) que contêm os nutrientes essenciais para uma alimentação mais saudável.
  • Encontrar as substituições de alimentos adequadas.
  • Não saber como se confeccionam os alimentos.
Uma refeição vegetariana pode ser tão simples de fazer e tão saborosa como as refeições de carne ou peixe. A carne pode ser substituída por feijão, soja, seitan, tofu e cogumelos.
O regime vegetariano é pobre em gorduras saturadas e em colesterol (que é encontrado na carne), por isso é indicado a pessoas que têm problemas do coração.

Porque é que o vegetarianismo previne o aparecimento de cancro?
  • A alimentação vegetariana é rica em legumes, fibras e em frutas e pobre em gorduras.
  • Os vegetarianos consomem muito caroteno (pigmento orgânico encontrado nas plantas e microrganismos como algas e fungos e que em grande quantidade torna-se um agente antioxidante e anti-cancerígeno).
  • A dieta vegetariana faz aumentar o número de células fagocitárias que são capazes de destruir as células cancerígenas.
Quais as principais razões que levam alguém a tornar-se vegetariano?
As principais causas são a saúde, o respeito pelos animais e pelo meio ambiente.

Existem vários tipos de vegetarianos. Quais são?
  • Lacto-vegetarianos - Vegetarianos que consomem leite e seus derivados.
  • Ovo-vegetarianos - Vegetarianos que consomem ovos.
  • Ovolactovegetarianos - Vegetarianos que consomem ovos e leite.
  • Vegetarianos puros ou veganos - Excluem da sua alimentação todos os produtos de origem animal. Além de carnes, peixes, aves, lacticínios (leite, manteiga, queijo, iogurte etc.), excluem ovos, mel, gelatina etc.
  • Existem vegetarianos que, para além da alimentação, também evitam o uso de couro, lã, seda e de outros produtos menos óbvios de origem animal, como óleos e secreções presentes em sabonetes, champôs  cosméticos, detergentes, perfumes, filmes etc.
Quais os benefícios de seguir um regime vegetariano?
  • Reduz o risco de mortes por enfarte.
  • A probabilidade de morte causada por doenças cardíacas é menor.
  • Os níveis de colesterol são mais baixos.
  • Menor pressão arterial.
  • Reduz o risco de apresentar diverticulite.
  • Reduz o risco de aparecimento de diabetes.
  • Probabilidade duas vezes menor de apresentar pedras na vesícula nas mulheres vegetarianas.
  • Os não-vegetarianos têm risco 54% maior de ter cancro da próstata.
  • Os não-vegetarianos têm risco 88% maior de ter cancro de intestino grosso (cólon e recto). 
  • A dieta vegetariana pode ser benéfica para os que sofrem de doença renal (principalmente os que não fazem diálise e apresentam diurese).
  • O consumo de carne aumenta até três vezes a probabilidade de desenvolver uma demência cerebral.
  • Os alimentos crus reduzem os sintomas de fibromialgia.
Como é que um vegetariano consegue atingir as necessidades nutricionais diárias de alguns nutrientes, como vitamina B12, ferro e cálcio, já que suas principais fontes estão em alimentos de origem animal?
Alguns dos alimentos que os vegetarianos consomem são ricos em ferro ou em cálcio. A vitamina B12 é so encontrada em ovos, leite e seus derivados, por isso se for um vegetariano puro deverá tomar suplementos desta vitamina.

És vegetariano/a ou conheces alguém que o seja ? Qual é a tua opinião em relação a este regime de alimentação?

Popular

Follow by Email