Escreva a sua pesquisa

Mostrar mensagens com a etiqueta Sistema Nervoso. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Sistema Nervoso. Mostrar todas as mensagens

1 de julho de 2019

5 Alimentos ricos em Serotonina

segunda-feira, julho 01, 2019
A alimentação é muito importante para ter saúde e bem estar. Uma das substâncias que não pode faltar no dia a dia é a serotonina

5 alimentos que ajudam a combater a depressão

O que é a Serotonina? 

Os alimentos ricos em serotonina são fundamentais para manter o bom humor e evitar a depressão. A serotonina é uma substância encontrada no cérebro, que é responsável por muitas funções vitais do corpo e é fundamental na regulação do sono e do humor. 
A serotonina está a receber muita atenção por parte dos cientistas, porque, muitas pesquisas mostram que os baixos níveis desse neurotransmissor podem provocar o comportamento agressivo e sintomas de depressão e ansiedade

Os baixos níveis de serotonina também podem causar comportamentos impulsivos, agressivos e até suicidas. Por tudo isso, esse neurotransmissor é essencial para todas as pessoas. A boa notícia é que existem alimentos capazes de aumentar a serotonina no cérebro, melhorando o humor e a vida no dia a dia. 

Como aumentar a serotonina 

Para aumentar a serotonina é necessário consumir alimentos ricos em triptofano, fazer exercícios físicos e nos casos mais severos, até tomar medicação. 

5 alimentos para combater a depressão 5 alimentos ricos em serotonina 

1. Proteínas – Os alimentos mais ricos em proteínas são os de origem animal como peixe, carne, ovo, leite, iogurte, queijo, entre muitos outros. Nesses alimentos se encontra o triptofano que é um aminoácido essencial, pois, é o alicerce para o neurotransmissor serotonina. Adotar uma dieta com proteínas é muito importante para manter o humor e o bem estar. Sem o triptofano os níveis de serotonina no cérebro despencam. 
Ao consumir uma fonte de proteína com uma pequena quantidade de hidratos de carbono, todos os aminoácidos, menos o triptofano, são eliminados da corrente sanguínea, deixando assim o triptofano livre para atravessar a barreira do cérebro e formar a serotonina. 

2. Sementes de linhaça – Esses alimentos são ótimos para aumentar os níveis de serotonina no cérebro, pois, contêm altos níveis de ácidos gordos e triptofano. 60% do cérebro é composto por gorduras estruturais e os ácidos gordos formam uma grande parte das células nervosas do cérebro. O ômega 3 é muito usado para combater a depressão, depressão pós-parto, comportamento agressivo e outros problemas psicológicos. Consumir de 1 a 4 colheres de sopa de semente de linhaça ou 1 ou 2 colheres de sopa de óleo de linhaça pode aumentar muito os níveis de serotonina

3. Trigo sarraceno – Esse alimento natural é rico em diversas vitaminas do complexo B e contém muito mais triptofano do que a maioria dos carboidratos ricos em amido. As vitaminas B são recomendadas como uma forma de melhorar os níveis de energia e humor e de combater a depressão. Pesquisas afirmam que as vitaminas do complexo B, principalmente, vitamina B6, é uma forte aliada na síntese de serotonina no cérebro. Alguns alimentos ricos em vitaminas do complexo B são: vegetais verdes, frango, iogurte, lacticínios em geral, amendoim, castanhas, nozes, ervilhas, ovos, leites, carnes, etc. 
Alimentos de amido natural formam um pequeno pico de insulina quando é ingerido, o que é necessário para a filtragem de outros aminoácidos na corrente sanguínea, fazendo com que o triptofano passe pelo sangue e vá para o cérebro, onde é transformado em serotonina. 

4. Peixes e frutos do mar – De acordo com estudos, os peixes como arenque, sardinha, salmão selvagem e os frutos do mar são ricos em gorduras essenciais para a produção de serotonina. As gorduras EPA e DHA, encontradas nesses alimentos, combatem as alterações que ocorrem pela falta de serotonia, fazendo com que as alterações de humor originadas pelo transtorno bipolar e a depressão fiquem reguladas. 
Se você consumir esses peixes e os frutos do mar apenas duas ou três vezes por semana, você estará recebendo a quantidade ideal das gorduras EPA e DHA. Estes alimentos são ricos em triptofano, aminoácido essencial para construir a serotonina. 

5. Banana – Essa fruta é um dos melhores alimentos para aumentar a serotonina. A banana é rica em triptofano e também carboidratos. As bananas podem ser consumidas em batidos, saladas de frutas, sobremesas e muito mais. 

Portanto, esses são 5 alimentos ricos em serotonina, ou seja, eles possuem triptofano, substância responsável pelo aumento desse neurotransmissor no cérebro.

12 de setembro de 2013

Tratamentos naturais para a Enxaqueca

quinta-feira, setembro 12, 2013
A enxaqueca é uma síndrome de cefaleias severas caracterizada por ataques periódicos num dos lados da cabeça, que se manifesta regularmente 1 vez por semana ou de 15 em 15 dias.
Durante a crise de enxaqueca, há uma dilatação e inflamação dos vasos sanguíneos intra e extracranianos. Esta inflamação resulta em dores que podem durar de 4 a 72 horas quando não tratada.

SINTOMAS
Cefaleia unilateral intensa, fotofobia, náuseas e vómitos. Podem estar associadas a dores musculares.

A tomografia axial computorizada (TAC) e a ressonância magnética pode detectar as causas da enxaqueca, tais como um tumor ou um aneurisma cerebral.
Neste caso, o doente deve consultar o seu médico assistente e seguir a terapêutica que lhe for receitada, quer seja tratamento médico preventivo, controlo da crise ou tratamento médico adicional.
Para tratar a enxaqueca tem de deixar alimentos com o queijo, chocolate, café e refrigerantes.

TRATAMENTOS NATURAIS
CEBOLA - Faça um sumo, dilua em água e tome uma chávena 3 vezes ao dia.
REPOLHO - Faça compressas e coloque na região frontal, com folhas de repolho trituradas.
LARANJA - 1 copo de água, casca de 1 laranja fresca. Leve ao lume por 15 minutos. Tomar 1 chávena de chá da casca da laranja 2 vezes ao dia.
ABACATE - Compressa na fronte com chá das folhas do abacateiro, 40 gramas por um litro de água.
LIMÃO - Fazer a terapia do Limão.

OUTROS TRATAMENTOS
HIDROTERAPIA - Faça um escalda-pés antes de deitar, durante 20 minutos.

21 de agosto de 2013

Doenças do Sistema Nervoso - Cefaleias ou dor de cabeça

quarta-feira, agosto 21, 2013
As cefaleias são dores de cabeça fortes e persistentes que impedem de trabalhar ou mesmo de adormecer e é dos incómodos mais vulgarizados nos países civilizados.
As cefaleias atingem mais as mulheres do que os homens e muitas vezes são acompanhadas de náuseas.

Sintomas
  • Dor intensa unilateral na cabeça, em ataques breves que se repetem várias vezes ao dia, ou então pode ser constante, durante dias, semanas ou meses.
  • Náuseas.
  • Mal-estar.
  • Fotofobia (dificuldade em ver a luz).
  • Os sintomas neurológicos podem ser visuais, consistindo em ver luzes fortes a piscar, parestesias unilaterais da mão, faltar a voz.

Causas
São muito diversas as causas que se apontam e algumas são desconhecidas. Podem ser provocadas por simples resfriados e por sinusite, rinite, por prisão de ventre, doenças infecciosas, otites, alterações da pressão arterial.
Mas também o stresse e o cansaço, excessos alimentares e bebidas alcoólicas em demasia conduzem ao mesmo sintoma. A miopia e o astigmatismo e também o glaucoma podem causar cefaleias.
No caso da sinusite, as dores de cabeça estão associadas à infecção dos seios perinasais. Tem diversas localizações dependentes do seio atingindo. Se as dores de cabeça são muito frequentes, procure fazer exames médicos para um diagnóstico provável. Nas manifestações mais vulgares, basta remover-lhe a causa.


Tratamentos naturais
Se tem prisão de ventre, as consequências repercutem-se em dor de cabeça.
Em geral, o doente deve ficar em repouso num quarto escuro e tranquilo.
Batata - Aplicar uma compressa com rodelas de batata crua na fronte, durante 1 hora.
Repolho - Amassar as folhas de repolho e aplicar compressas na região frontal, durante 1 hora.
Limão - Beba água com limão. Friccione a parte dolorida com sumo de limão misturado com sumo de cebola.
Abacate - Tisana das folhas do abacateiro, 20g para 1 litro de água. Tomar uma chávena 3 vezes ao dia.
Clister - Faça uma limpeza intestinal com água de malvas, cavalinha ou camomila. Beba chá de ervas laxantes.
Geoterapia - Compressas de argila na região da fronte e nuca, 3 vezes por semana e durante 90 minutos. Espalhe a papa de argila na compressa uniformemente numa camada de 1 cm de espessura.
Hidroterapia - Banho escalda-pés com dois baldes de água, um quente e outro frio, iniciar o seguinte tratamento: Imergir os pés na água quente durante 4 minutos; depois, imergir os oés em água fria durante 1 minuto. Repetir este tratamento 3 vezes seguidas. Manter a água quente sempre à mesma temperatura. Terminar na água fria, enxugando bem os pés e caçar meias secas.
Faça um banho de vapor semanalmente.
Compressas frias sobre o ventre, renovando cada 15 minutos, durante 1 hora.

Popular

Follow by Email