Escreva a sua pesquisa

Mostrar mensagens com a etiqueta Gravidez. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Gravidez. Mostrar todas as mensagens

8 de julho de 2019

Ácido fólico ajuda a engravidar?

segunda-feira, julho 08, 2019
Ter um filho, embora seja algo comum, precisa de muitos cuidados para que a criança não nasça com problemas físicos e mentais. Uma substância que ajuda na saúde do bebê é o ácido fólico. 
ácido fólico ajuda a engravidar?

O que é o ácido fólico? 

O ácido fólico é uma substância também conhecida como folato, metilfolato ou vitamina B9. É uma vitamina do complexo B, presente em diversos alimentos e solúvel em água. O folato é encontrado naturalmente nos alimentos e o ácido fólico é a forma sintética do folato utilizada em medicamentos. 

Alguns benefícios dessa vitamina são: 

Fundamental na gravidez – Para grávidas, o ácido fólico é muito importante para o desenvolvimento correto do feto e formação do tubo neural. A suplementação deve começar no mínimo um mês antes de engravidar e é essencial nos primeiros dois meses após a concepção. Isso se deve ao fato de ser nesse período que acontece o desenvolvimento do sistema nervoso e tubo neural do feto. 

Faz bem para ao cabelo, unhas e à pele – Todas as vitaminas do complexo B, inclusive, o folato tem papel fundamental na saúde do cabelo, unhas e pele. O folato que na forma sintética é o ácido fólico auxilia no crescimento dos cabelos e das unhas, combate a dermatite e a acne, deixando a pele com um brilho saudável e controla a oleosidade. 

Fortalece a imunidade – O sistema imunológico é muito mais forte em pessoas que consomem as vitaminas do complexo B como o ácido fólico. 

Aliado do cérebro – Além de ser muito importante para o desenvolvimento do sistema nervoso do feto, o folato é essencial para a função cerebral e tem um papel fundamental na capacidade cognitiva e na saúde mental e emocional. 

Faz bem para o coração – O folato se combinado com as vitaminas B6 e B12 forma uma enzima que diminui os níveis de homocisteína, um aminoácido que em excesso prejudica o aparelho cardiovascular (coração e sistema circulatório), impedindo que ocorra a reparação celular. Altos níveis de homocisteína contribuem para o endurecimento dos vasos sanguíneos, o que aumenta a pressão arterial. 

Alimentos fontes de ácido fólico – Os alimentos ricos em folato são as folhas verdes escuras, principalmente, espinafre, salsa, alface, couve e brócolos, cereais integrais, cogumelos, feijões, fígado de galinha, germe de trigo, ovo, banana, melão, tomate, laranja, manga e abacate. Os alimentos ricos em folato devem fazer parte da sua dieta diária. 


Ácido fólico ajuda a engravidar? 

Uma dúvida que muitas mulheres têm é se esse ácido ajuda a engravidar, a resposta é não. Entretanto, essa vitamina diminui o risco de malformações no cérebro e na medula espinhal do bebê. A falta desse nutriente durante a gravidez também pode causar anemia, pois, ele atua na renovação dos glóbulos vermelhos do sangue. 

Como e quando tomar o ácido fólico? 

Esse ácido deve ser tomado durante toda a vida, mas especialmente, quando uma mulher está a pensar em engravidar. Um dos motivos que se recomenda ao planear uma gravidez é a prevenção de malformações neurológicas do bebé e isso pode ser feito com uma medida simples: O consumo diário de 400 mcg (micrograma) desse ácido (também chamado de folato). 

É muito importante a ingestão diária de 400 mcg de ácido fólico pelo menos um mês antes de engravidar, porque essa vitamina é essencial para que o bebê nasça saudável

Se estiver pensando em engravidar, procure, no mínimo um mês antes de a gestação acontecer, consumir alimentos ricos em ácido fólico. Entretanto, só os alimentos não são o suficiente para conseguir a quantidade adequada da vitamina. Então procure um profissional que irá prescrever 1 comprimido desse ácido por dia, pelo menos um mês antes da gestação e durante os 2 ou 3 primeiros meses de gravidez. Isso aumentará as hipóteses de o bebé nascer sem problemas de formação e cerebrais.

28 de março de 2012

Períodos críticos da Obesidade - Gravidez

quarta-feira, março 28, 2012
Durante a gravidez, o peso da futura mamã pode aumentar entre sete e dez quilos. Tente não ultrapassar esta média, caso contrário será muito difícil perder o que ganhou a mais.
É importante vigiar a balança durante a gravidez e não ignorar o veredicto. Contudo, qualquer iniciativa para combater um eventual excesso, quer se trate de um tratamento ou de uma simples dieta, só deverá realizar-se sob aconselhamento médico.

Popular

Follow by Email